Novembro Azul alerta: Saúde também é papo de homem!

Por novembro 11, 2022Blog, Capa
O Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata é celebrado em 17 de novembro, data que deu origem à campanha Novembro Azul.

O Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata é celebrado em 17 de novembro, data que deu origem à campanha Novembro Azul. O movimento busca alertar a sociedade sobre a importância da prevenção da doença, que já matou mais de 47 mil homens no Brasil em três anos

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais mata, atrás apenas do de pulmão. Foram mais de 47 mil óbitos pela doença no Brasil, de 2019 a 2021, de acordo com o Ministério da Saúde. É também, o tipo de tumor maligno mais frequente entre os homens, após o câncer de pele. Apesar disso, falar sobre o assunto ainda é um tabu entre o público masculino, seja por preconceito ou fatores culturais.

A boa notícia é que, quando diagnosticado no início, as chances de cura aumentam consideravelmente. Por isso, é fundamental realizar exames de forma periódica e manter hábitos de vida saudáveis.

Para conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença, a campanha Novembro Azul chega a mais uma edição, desta vez, com o tema “Saúde também é papo de homem”. O Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado em 17 de novembro, foi o que deu origem ao movimento, que surgiu na Austrália, em 2003 e, hoje, acontece no mundo todo. Assim como nos anos anteriores, o GVBUs apoia a campanha.

Foco é quebrar preconceitos

Para celebrar a campanha, as empresas operadoras programam palestras e orientações sobre o assunto durante o mês. O Grupo Santa Zita é uma delas e inseriu as discussões na Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT), que tem como tema “Saúde e Segurança: é sobre você”. O evento acontece entre 21 e 25 de novembro, com um dia inteiro de atividades só sobre a campanha.

Segundo o técnico em Segurança do Trabalho do grupo, Diego Gomes, no geral, os colaboradores são bastante participativos nas ações. “A maioria deles são receptivos a toda programação, questionam durante as palestras e cuidam da saúde, mesmo que com certo receio. E caso precisem de qualquer orientação, nós estamos à disposição para sanar qualquer dúvida e ajudar no que for possível”, destacou Diego.

Mas um ponto importante da campanha, acrescenta o técnico em Segurança do Trabalho, é que ela pretende quebrar preconceitos, já que, falar de saúde masculina, principalmente quando o assunto envolve órgãos sexuais e reprodutivos, ainda é um tabu para muitos homens. “Todos devem ter consciência que fazer exames regulares é a melhor forma de prevenir, e ter um diagnóstico precoce do câncer de próstata evita problemas futuros. Por isso, é tão importante debater sobre o tema”, concluiu.

Saiba mais sobre o câncer de próstata

O que é a próstata e como surge a doença?

É uma glândula do sistema reprodutor masculino, que cresce e se modifica a partir dos 40 anos de idade em todos os homens. Durante seu funcionamento, no enatnto, algumas células podem se desenvolver e multiplicar de forma anormal, provocando o surgimento de um tumor.

Quais os sintomas?

Na fase inicial da doença, não existem sintomas aparentes. Somente a realização do exame periódico permite um diagnóstico precoce. Após o crescimento do tumor, os sinais e sintomas podem começar a aparecer, como sangramento na urina, vontade de urinar com frequência e dificuldades para urinar. Quando em estágio mais avançado, emagrecimento e dores na coluna podem ocorrer, o que significa que a doença progrediu.

Como é feito o diagnóstico?

Os exames iniciais para detecção precoce do câncer de próstata compreendem a dosagem de PSA (antígeno prostático específico) e o toque retal.

Quando procurar o médico?

Homens a partir dos 40 anos de idade com fatores de riscos, ou aos 50 anos, quando não apresentam histórico familiar da doença, devem procurar anualmente o médico Urologista para a realização do exame de toque, importante para avaliar alterações na glândula.

Como posso prevenir?

Além de realizar os exames, recomenda-se manter uma alimentação saudável e equilibrada, praticar regularmente atividades físicas, manter o peso ideal, identificar e tratar adequadamente a pressão alta, diabetes e problemas de colesterol e não fumar.

 

Comunicação GVBus

Autor Comunicação GVBus

Mais posts de Comunicação GVBus

Deixe um comentário