Precisando do Serviço Mão na Roda?

O Sistema Transcol possui hoje 100% da frota acessível conforme a legislação exige, ou seja, todos os 1.444 ônibus circulantes são adaptados para transportar pessoas com deficiência motora, temporária ou permanente, que utilizam cadeira de rodas. Além disso, 99,81% dos coletivos possuem elevador na porta do meio.

Em paralelo à acessibilidade oferecida pelos ônibus do Sistema Transcol, existe hoje o Serviço Especial Mão-na-Roda, que possui 25 ônibus exclusivos para atendimento a esse público. Os motoristas também atendem exclusivamente esses usuários e recebem treinamento específico para transporte de passageiros com deficiência. Um serviço que busca e leva os usuários cadastrados conforme agendamento prévio, e que existe em pouquíssimas cidades brasileiras.

São feitas viagens fixas e eventuais. As fixas são aquelas em que a localização, destino e horário do compromisso são fixos no decorrer do mês ou ano. Nesses casos podem ser solicitadas a partir do primeiro dia útil do ano e são incluídas após análise e encaixe na programação dos veículos.

As eventuais são as de frequência esporádica, cujos destinos e horários são variados. Nesse caso, a solicitação dever ser feita com 48 horas de antecedência e confirmada no dia anterior à viagem, conforme critérios de prioridades: tratamento de saúde; educação especial e comum; trabalho; lazer e esporte, e outros motivos como supermercado, banco, igreja e outros.

Para se cadastrar é preciso entrar em contato com a CASEM (Central de Atendimento do Serviço especial Mão na Roda), pelo número 0800 038 7077 e realizar um pré-cadastro, apresentando RG, CPF e endereço completo com ponto de referência. Posteriormente, o cadeirante será submetido a uma perícia.