Serviço Mão na Roda inaugura agendamento online

Usuários do Serviço Mão na Roda poderão marcar e cancelar viagens pela internet, otimizando o atendimento. Canal via telefone está mantido para dúvidas

Usuários do sistema poderão marcar e cancelar viagens pela internet, otimizando o atendimento. Canal via telefone está mantido para dúvidas

Após renovar a frota e entregar 24 novos ônibus nos meses de julho e agosto, o serviço Mão na Roda agora anuncia a modernização do sistema. Os passageiros desse transporte coletivo poderão contar com o cadastro e agendamento online das viagens. A mudança trará maior comodidade aos usuários, uma vez que amplia e otimiza os canais de atendimento.

“O Mão da Roda está na era digital. Esse novo sistema foi projetado com objetivo de facilitar o acesso ao serviço, de forma que as pessoas possam fazer todo o processo pela internet, sem que haja necessidade da ligação. Além disso, é uma forma de reduzir o tempo de espera no atendimento”, afirma o diretor executivo do GVBus, Elias Baltazar.

Como vai funcionar?

Anteriormente, era necessário fazer todo o processo via telefone – por meio do número 0800 038 7077. Esse canal funcionava tanto para habilitar o cadastro de cadeirantes, quanto para marcar ou cancelar as viagens. No novo sistema, o cadastro de novos passageiros e o agendamento das corridas serão feitos pela nova plataforma, elaborada exclusivamente para esse serviço.

Leia Mais: Serviço Mão na Roda ganha novos ônibus

É importante ressaltar que o contato por ligação continua funcionando como um meio de tirar dúvidas, sendo a plataforma online a nova forma de solicitar o serviço, tanto para novos cadastros, quanto para quem já usava os micro-ônibus adaptados.  A marcação dos horários continua sendo feita com até 48 horas de antecedência ao compromisso.

No caso do passageiro que já utiliza o serviço, é preciso acessar o portal e fazer o cadastro na plataforma de agendamento, com posterior validação da credencial. Para aqueles que ainda não são habilitados, o pré-cadastro para a habilitação também será feito no site.

Viagens perdidas

A modernização do sistema, além de trazer benefícios para os passageiros, é ainda uma forma de evitar que as viagens sejam perdidas, já que esse era um problema recorrente. Mesmo com o agendamento prévio, o motorista ia até local combinado, e o usuário não embarcava. Tal fato impedia que outras pessoas fossem atendidas.

Somente em 2019, 4.461 viagens foram canceladas no local de partida. Agora, no portal Mão na Roda, os passageiros podem fazer o cancelamento sem necessidade de ligação e usando a plataforma, a qualquer momento do dia, até 6 horas antes da viagem.

O Mão na Roda

O Mão na Roda foi criado em agosto de 2000 para atender as necessidades dos cadeirantes com maior dificuldade de locomoção, contribuindo, assim, com a inserção dos mesmos nas diversas atividades da sociedade como: trabalho, educação, saúde e lazer, e efetivando o direito de exercerem plenamente sua cidadania. O serviço é 100% gratuito e subsidiado pelo Governo do Estado do Espírito Santo. Hoje, o programa atende cerca de 3 mil capixabas e até agosto desde ano, 27.280 viagens haviam sido realizadas.

Dentre os destinos mais solicitados estão: o Centro de Reabilitação Física do Estado do Espírito Santo (Crefes); a Escola de Medicina Santa Casa de Misericória (Emescam); a Apae Cariacica e Vitória; o Hospital Meridional; a Fundação Bradesco; a Associação dos Funcionários Públicos do Espírito Santo; o Centro Universitário Vila Velha, (UVV); a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes); e os shoppings da Grande Vitória.

Para ser beneficiário, o solicitante precisa ser cadeirante e residir nos municípios de Cariacica, Serra, Viana, Vila Velha ou Vitória.

Os ônibus são especialmente adaptados com elevadores hidráulicos e conduzidos por motoristas treinados para realizar o transporte com conforto e segurança, uma vez que receberam aulas de direção defensiva, relacionamento interpessoal e trato com pessoas com deficiência. É possível solicitar viagens com acompanhantes, caso necessário.

Comunicação GVBus

Autor Comunicação GVBus

Mais posts de Comunicação GVBus

Deixe um comentário