CIDE do Transporte Coletivo, você sabe o que é?

Com a CIDE, o transporte individual, que ocupa mais espaço nas cidades e gera mais poluição por pessoa transportada, ajudaria a financiar parte da estrutura para o transporte coletivo e não motorizado

Com a CIDE, o transporte individual, que ocupa mais espaço nas cidades e gera mais poluição por pessoa transportada, ajudaria a financiar parte da estrutura para o transporte coletivo e não motorizado

A Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico – Cide, mais conhecida como “imposto sobre combustíveis”, é um encargo que deve ser usado para assegurar um montante mínimo de recursos para investimento em infraestrutura de transporte, em projetos ambientais relacionados à indústria de petróleo e gás, e em subsídios ao transporte de álcool combustível, de gás natural e derivados, e de petróleo e derivados.

Desde 2013 tramita no Congresso uma proposta de Lei para que parte dessa contribuição que incide sobre o consumo de combustíveis usados no transporte individual seja revertido para financiar o transporte coletivo.

Caso aprovada, a proposta permitiria, por exemplo, a redução do valor da tarifa paga pelos passageiros, pois o recurso poderia ser usado como subsídio, além de renovar constantemente os veículos e aprimorar a qualidade do serviço prestado aos cidadãos, conforme leis específicas do órgão gestor de cada sistema.

Para os especialistas, tal recurso traria mais justiça ao financiamento do transporte, com o meio individual custeando parte do transporte público, que é mais racional e melhora a mobilidade nas cidades.

A lógica da proposta é que o transporte individual, que ocupa mais espaço nas cidades e gera mais poluição por pessoa transportada, financie parte da estrutura para o transporte coletivo e não motorizado.

Na prática, a arrecadação seria realizada pelos próprios municípios e os recursos destinados exclusivamente à criação do fundo oficial municipal de transportes.

Gostou das informações? Então compartilhe esse post com seus amigos, nos ajudando a levar mais conhecimento sobre o transporte coletivo para todos!

Comunicação GVBus

Autor Comunicação GVBus

Mais posts de Comunicação GVBus

Deixe um comentário