Skip to main content

Sem o procedimento, é possível utilizar os créditos existentes no CartãoGV Escolar. Recargas, no entanto, só estão liberadas após o recadastramento. O Aluno é responsável por acompanhar no sistema se a atualização dos dados foi aprovada ou se há pendências que precisam ser resolvidas.

Hora de se preparar para a volta às aulas! E estudante que é antenado, já sabe: é preciso fazer o recadastramento do CartãoGV Escolar. O procedimento, que deve ser realizado todos os anos, é indispensável para reativar o bilhete único e, assim, poder utilizar o benefício da gratuidade ou de 50% de desconto na passagem no Sistema Transcol.

Sem o recadastramento, o aluno até consegue utilizar o cartão. Mas somente se tiver créditos. No entanto, não é possível realizar novas recargas, até que o recadastro seja efetuado.

A atualização dos dados cadastrais é feita exclusivamente pela internet, no site do GVBus. Lojas e postos de atendimento não estão autorizados a receber os formulários de recadastramento.

Veja como fazer o recadastro

Em primeiro lugar, é preciso obter, junto à instituição de ensino, o código que deverá ser utilizado no processo. Por isso, se em 2024, o estudante ainda não retirou, deve solicitar diretamente na secretaria da escola ou faculdade.

Com o código em mãos, basta acessar o site do GVBus e, na parte superior da página inicial, clicar em “estudantes”, “cadastro ou recadastro”, escolher a categoria do cartão e informar se já é ou não cadastrado no GVBus.

Em seguida, preencha o formulário, imprima e leve para assinatura da instituição de ensino. O aluno ou responsável legal também deve assinar o documento. Após isso, anexe o formulário no sistema, junto com os documentos pessoais.

E atenção: a aprovação no cadastro não é automática. Feito o procedimento, o aluno é responsável por acompanhar a solicitação, acessando novamente o link, para verificar se o processo foi aprovado ou se há alguma pendência a ser resolvida.

Para quem ainda não possui o CartãoGV Escolar, a solicitação também é feita pelo site do GVBus, no mesmo link de recadastramento. Confira aqui como proceder.

Escolas também precisam estar regularizadas

As instituições de ensino também precisam se recadastrar para receber o código que será usado pelos seus alunos em 2024. Do contrário, o estudante não conseguirá concluir o recadastramento e efetuar a compra de novos créditos.

Logo, caso o aluno verifique, ao acessar o sistema, que a escola está pendente com o recadastro, a orientação é entrar em contato diretamente com a instituição de ensino, para que ela providencie o quanto antes. Regularizada a situação, o aluno conseguirá efetuar o recadastro normalmente.

Ficou com alguma dúvida? Fale com o SAC

Para mais informações, entre em contato com o GVBus, pelo chat do site, pelos telefones 0800 028 1810 e 3145-2650 (para ligações feitas de celular), ou e-mail [email protected].

Pelo canal de atendimento, o estudante obtém, ainda, o número do CartãoGV Escolar, que deve utilizado no recadastramento.

O SAC funciona de segunda-feira a sábado, de 7h às 19h.

Comunicação GVBus

Autor Comunicação GVBus

Mais posts de Comunicação GVBus