Justiça considera paralisação ilegal

Por abril 5, 2021Acontece, Capa
nota, imprensa, paralisação, cobradores, rodoviários, greve

Após julgamento, o sindicato dos trabalhadores foi multado pela justiça em R$ 10 mil reais

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES) julgou ilegal a paralisação realizada pelo Sindirodoviários realizada no dia 08 de março e multou o sindicato dos trabalhadores em R$ 10 mil reais. O julgamento aconteceu no último dia 02 de abril.

Na ocasião da paralisação, os sindicalistas impediram a circulação dos coletivos, o que causou transtornos a toda população da Grande Vitória. Eles pediam a volta dos cobradores dentro dos ônibus do Sistema Trancol, que estão afastados desde maio do ano passado, devido à pandemia da Covid-19.

O GVBus já havia conseguido outras ações na justiça para impedir paralisações.

Afastamento

Os cobradores foram retirados de dentro dos coletivos após determinação do Governo do Estado, como forma de conter a proliferação do coronavírus.

Reforçamos que desde o início da medida do governo estadual não houve e não haverá demissões dos cobradores do Sistema Transcol. Eles estão recebendo integralmente seus salários. Desde o final de 2019 as empresas estão oferecendo oportunidade para cursos de requalificação de mão de obra, de acordo com a realidade de cada empresa.

Já foram oferecidas 700 vagas para troca de habilitação de categoria B para categoria D, através do Sest/Senat, promoção para manobristas, realização de escolinhas de motoristas nas garagens e treinamento para ocupação de vagas internas. Além disso, os profissionais podem aderir ao Plano de Demissão Incentivada, se houver interesse.

Comunicação GVBus

Autor Comunicação GVBus

Mais posts de Comunicação GVBus

Deixe um comentário