Cinco motivos para você deixar o carro em casa e ir de ônibus

Por maio 27, 2022Blog, Capa
Trocar o carro pelo ônibus traz benefício não apenas ao bolso do usuário, mas também à fluidez das vias e à preservação do meio ambiente.

Medida traz benefício não apenas ao bolso do usuário, mas também à fluidez das vias e à preservação do meio ambiente

Como se sabe, os congestionamentos e o fluxo intenso de veículos são realidades cada vez mais desafiadoras para as grandes cidades. E há uma quase unanimidade entre os especialistas em mobilidade urbana: é preciso investir no transporte coletivo como estratégia fundamental para (re) conquistar usuários e diminuir o número de automóveis nas ruas. A medida é boa para a cidade e ótima para o cidadão, porque, ao mesmo tempo, alivia o bolso do passageiro e aumenta a fluidez das vias, além de contribuir com o meio ambiente.

Para atrair cada vez mais passageiros para o transporte público, o Sistema Transcol tem aumentado seus investimentos em melhorias. Elas vão desde a ampliação dos pontos de recarga do CartãoGV, utilizado pelos usuários, até a modernização da frota. O objetivo é deixar as viagens mais práticas e confortáveis, tornando o uso do sistema ainda mais vantajoso para os passageiros, já beneficiados pela economia conseguida ao trocar o veículo particular pelo transporte coletivo. Além de pagar uma tarifa única, capaz de lhe oferecer malha de cobertura com linhas espalhadas por toda a Grande Vitória, a pessoa deixa de gastar com itens essenciais para utilizar seu automóvel, como manutenção, combustível etc. Tem ainda a facilidade de usar um aplicativo com indicações de linhas, horários, trajetos e até a lotação de cada veículo. Ou seja, não há o risco de o passageiros receber a mensagem de “corrida cancelada”, tão comum nesses nossos dias.

As empresas operadoras do Sistema Transcol têm buscado a melhoria do serviço prestado à população como forma de ampliar o público atendido e, dessa forma, colaborar com a melhoria da mobilidade na Grande Vitória. Convidamos você a conhecer cinco motivos para trocar os deslocamentos de automóvel pelo transporte público. Vai valer a pena…

TAMANHO DA MALHA

Trocar o carro pelo ônibus traz benefício não apenas ao bolso do usuário, mas também à fluidez das vias e à preservação do meio ambiente.Você sabia? Com o CartãoGV é possível percorrer de ônibus toda a região metropolitana. Atualmente, o sistema Transcol opera com 1.565 veículos na frota. Eles realizam aproximadamente 19,5 mil viagens diárias e transportam cerca de 600 mil passageiros nos dias úteis. Com a tarifa única de R$ 4,20 para todo o sistema, é possível ir de Setiba, no município de Guarapari, até Praia Grande, em Fundão, percorrendo um trajeto de cerca de 100 quilômetros. Imagine quanto se gasta num trajeto como esse usando um automóvel. Pois é…

Para quem trabalha, nada melhor do que desfrutar os dias de folga em uma praia da Grande Vitória. E com os R$ 4,20 da tarifa única você pode visitar todas as praias da região metropolitana, desfrutando das maravilhas e belezas naturais  do nosso litoral. São mais de 80 km de praias, desde as de ondas mais agitadas – boas para os surfistas  – até as praias mais calmas. É só escolher o destino, ver no aplicativo o horário do ônibus e correr para o ponto. Como? Qual aplicativo? Vamos explicar…

APLICATIVO E WI-FI GRÁTIS

Trocar o carro pelo ônibus traz benefício não apenas ao bolso do usuário, mas também à fluidez das vias e à preservação do meio ambiente.

Quer saber o trajeto de determinada linha? Qual o horário dessa linha? Quer saber se o ônibus está chegando ou vai demorar mais um pouquinho, dando tempo a você de resolver mais algum assunto? E se você quiser saber se um ônibus está lotado antes de embarcar? Tudo isso é resolvido pelo aplicativo Ônibus GV. Ele pode ser baixado em smartphones, tablets e computadores. O aplicativo oferece facilidades como a ferramenta InBus. Entre outros pontos, ela mostra imagens internas do veículo antes de ele chegar no ponto de parada.

O acesso ao sistema de internet grátis também é realizado pelo aplicativo ÔnibusGV. Os passageiros podem acessar redes sociais, sites de notícias e outros portais. Além de se informar ou se divertir, o usuário pode ganhar tempo: dá para aproveitar o deslocamento para revisar a matéria da prova ou mesmo para adiantar o material daquela reunião de trabalho.

Para facilitar o acesso dos passageiros aos veículos, o sistema investiu na ampliação das formas de recarga do CartãoGV. Além dos mais de 230 pontos de venda, os passageiros contam com a possibilidade de fazer a recarga de créditos via aplicativos, como o Recarga Pay, PicPay, Banestes e Kim+. Praticidade capaz de fazer bem ao bolso, como se verá a seguir.

ECONOMIA

Trocar o carro pelo ônibus traz benefício não apenas ao bolso do usuário, mas também à fluidez das vias e à preservação do meio ambiente.Nem é preciso entrar em detalhes: a alta no preço dos combustíveis tornou-se uma constante na vida dos brasileiros. Esses reajustes têm assustado os consumidores. Mas… você já parou para pensar quanto gasta em seu deslocamento de casa para o trabalho, por exemplo? Esse item pode representar um valor bem grande no orçamento. Uma saída para aliviar o bolso é o uso do transporte coletivo.

Os combustíveis pesam, mas não só eles são os responsáveis por essa conta pesada. O economista Antônio Marcus Machado lembra um fator normalmente esquecido: todo carro tem também um custo de manutenção considerável, e ele também pesa no bolso. “A conta é bem simples. A pessoa deve conhecer o seu veículo e quanto ele gasta por quilômetro. Depois, saber quantos quilômetros percorre de casa para o trabalho, por exemplo. Então, ela vai ter a base de consumo diário e ver se é menor ou maior quando comparado com o valor da passagem do ônibus. Se a distância percorrida for superior a 14 quilômetros, provavelmente será mais vantajoso usar o transporte público. Ainda mais agora, com os ônibus mais confortáveis, com uma frota maior com ar condicionado”, disse o economista.

Rodando com gasolina, um carro com motorização básica gasta, em média, um litro para cada 10 quilômetros de trajeto. Trabalhando a 20 quilômetros de distância de sua casa, e tendo como base o valor de R$ 7,49 o litro do combustível, o motorista gasta R$ 149,80 por semana. No transporte público, considerando duas passagens diárias, o valor cai para R$ 42, totalizando uma economia de até R$ 431,22 por mês. E faz isso em uma frota em processo de ampliação, modernização e constante manutenção…

MANUTENÇÃO

Trocar o carro pelo ônibus traz benefício não apenas ao bolso do usuário, mas também à fluidez das vias e à preservação do meio ambiente. Confira!A frota do Transcol tem sido ampliada para melhorias em linhas da Grande Vitória. Até o fim deste ano, serão mais de 600 ônibus novos, com ar-condicionado, wi-fi e sistema Inbus, além de entretenimento a bordo. Desse total, 18 veículos são articulados. A  frota começou a ser renovada em 2019. Logo no primeiro ano desse processo de renovação foram entregues os 100 primeiros veículos. Com as ruas recebendo 600 veículos novos até o final do ano, o sistema conseguirá, dentro do prazo de três anos, elevar em 500% o número de veículos novos rodando pela Grande Vitória. Proporcionalmente, é um dos maiores índices do país.

A maior parte dos veículos foi produzida em São Mateus. Ou seja, além de proporcionar conforto para os usuários, os ônibus geram empregos, renda e oportunidade no estado.

A atenção, no entanto, não fica restrita aos novos ônibus. Para dar ainda mais segurança ao serviço e manter as linhas em bom funcionamento, a GVBus promove uma manutenção periódica em toda a frota. A ideia da verificação e previsão de problemas, muitas vezes, passa pela troca de componentes, mesmo sem eles terem apresentado problemas. O objetivo é evitar danos durante o percurso. Os carros passam por vistorias constantes e são liberados para uso.

Durante a pandemia do coronavírus, também foi intensificada a limpeza diária dos ônibus a partir das medidas de prevenção à doença. Todos são lavados diariamente nas garagens para dar mais segurança aos passageiros.

Ainda em 2021, o sistema Transcol passou a operar também as linhas alimentadoras de Vitória, oferecendo mais opções e a possibilidade de deslocamentos metropolitanos para moradores da capital por meio do sistema de conexões. O mesmo sistema também já está sendo usado em Viana para facilitar o deslocamento entre os bairros.  A renovação da frota, a manutenção dos veículos e a ampliação das linhas dá ao passageiro a segurança de ter sempre a sua viagem confirmada, ao contrário de algo cada vez mais comum nas grandes cidades…

NÃO TEM VIAGEM CANCELADA

Trocar o carro pelo ônibus traz benefício não apenas ao bolso do usuário, mas também à fluidez das vias e à preservação do meio ambiente. Confira!Pode ser na Grande Vitória, no Rio de Janeiro, em São Paulo… Quem usa aplicativo de transporte sabe: conseguir uma viagem virou um problema. Primeiro, motoristas demoram para responder ao seu pedido. Depois, vêm os cancelamentos. Um, dois, três motoristas cancelam. Aí, o preço da corrida sobe, porque, como muitos motoristas não atendem o pedido, o passageiro tem de pagar a chamada tarifa dinâmica. E enquanto espera, o passageiro vê vários ônibus passando à sua frente nas ruas e avenidas.

Os ônibus do sistema Transcol têm linhas definidas e espalhadas pela Grande Vitória. Como se viu acima, um aplicativo facilita a localização das linhas, dos trajetos, informa o horário e qual a situação dentro dos veículos. A tarifa única do Transcol é de R$ 4,20 e dá direito a transitar por toda a Grande Vitória, enquanto o valor mínimo cobrado pelos aplicativos para trajetos de poucos quarteirões é de pelo menos R$ 6,50. E o sistema não cancela viagens, levando passageiros para todos os pontos da Grande Vitória. Enfim, experimente essa mudança. Seu bolso vai agradecer. E a cidade também.

Matéria originalmente publicada no portal de notícias ES360.

Comunicação GVBus

Autor Comunicação GVBus

Mais posts de Comunicação GVBus

Deixe um comentário