SEST SENAT: qualificação gratuita para cobradores

Por fevereiro 8, 2019Acontece, Capa
As unidades capixabas vão oferecer 660 vagas, destinadas para profissionais com vínculo empregatício em empresas de transporte coletivo de passageiros. Os custos com a qualificação e com a mudança de categoria da CNH serão bancados pelo SEST SENAT

O SEST SENAT abriu nove mil vagas. As unidades capixabas vão oferecer 660 vagas, destinadas para profissionais com vínculo empregatício em empresas de transporte coletivo de passageiros. Os custos com a qualificação e com a mudança de categoria da CNH serão bancados pelo SEST SENAT

O SEST SENAT abriu, na última terça-feira, 9 mil vagas, em 46 unidades da instituição, para cobradores de ônibus com vínculo empregatício em empresas de transporte coletivo de passageiros em todas as regiões do país. Ao todo, 660 cadeiras estarão disponíveis nas unidades do Espírito Santo.

As aulas fazem parte do projeto “Qualificação Profissional no Transporte Coletivo de Passageiros”. O treinamento e todo o processo de mudança da categoria da CNH serão totalmente gratuitos para o profissional e para as empresas.

A iniciativa capacitará os trabalhadores para que possam atuar como motoristas profissionais por meio da mudança da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) da categoria B para a D.

Leia também: Nota de esclarecimento: obrigações de motoristas e cobradores

Eles também terão que fazer o curso “Especializado para Condutores de Veículos de Transporte Coletivo de Passageiros” (Resolução nº 168/2004 do Contran) – que é necessário para o exercício da profissão de motorista do transporte coletivo de passageiros e também o curso de “Aperfeiçoamento de Motorista para o Transporte de Passageiros”, realizado com prática no Simulador de Direção do SEST SENAT.

As inscrições estarão abertas a partir do dia 19 de fevereiro. Acesse aqui!

Como participar?

Para participar da iniciativa, é fundamental ler o edital, que  traz todos os requisitos e procedimentos necessários. As informações estão disponíveis na página do projeto. Acesse o documento aqui!

Entre as exigências estão as seguintes: o candidato deverá comprovar vínculo empregatício na função de cobrador de ônibus; possuir CPF; e enquadrar-se nas regras do Contran quanto aos requisitos de tempo de CNH para realizar a mudança de categoria.

Além disso, a regularidade do cadastro da empresa junto ao SEST SENAT é imprescindível. A empresa onde o candidato trabalha deve ter como atividade econômica principal o transporte e atuar no transporte coletivo urbano de passageiros (clique aqui para consultar).

“O avanço tecnológico vem trazendo grandes desafios para os trabalhadores, especialmente para aqueles do setor de transporte, área que está passando por uma verdadeira revolução, nos últimos anos. O SEST SENAT investe pesadamente em atualização profissionais e em requalificação, como é o caso dos cobradores”, diz a diretora executiva do SEST SENAT, Nicole Goulart.

Veja as vagas abertas no Espírito Santo

Unidade

Número de Vagas

Cachoeiro de Itapemirim

150

Cariacica

350

Colatina

160

Fonte: SEST SENAT

Comunicação GVBus

Autor Comunicação GVBus

Mais posts de Comunicação GVBus

Deixe um comentário